No Editorial desta segunda-feira (10), o jornalista Deusdete Dias comentou sobre os cuidados que o prefeito municipal Herzem Gusmão deve ter com assessores com disposição de candidatura nas eleições do ano que vem. Ele lembrou que o próprio prefeito, em entrevista ao Redação Brasil, já havia afirmado que deveria deixar o governo qualquer um que manifestasse publicamente o interesse em disputar vaga na Câmara.

No entanto, segundo Deusdete Dias, há um grande número de assessores do prefeito trabalhando de forma ostensiva suas candidaturas, mesmo sem declarar abertamente a intenção. Citou o caso do vereador Gilmar Ferraz, ex-vereador e agora secretário de Agricultura, como exemplo do quanto isso pode atrapalhar a política articulação entre executivo e legislativo.

Áudios dos pronunciamentos do presidente da Câmara, Luciano Gomes, e do vereador Osmário Lacerda, do mesmo partido de Gilmar Ferraz (MDB) foram rodados no programa para mostrar o tamanho do problema. Deusdete Dias afirmou que o Redação Brasil e seus apresentadores vêm atuando como assessores do prefeito, alertando o mesmo sobre assuntos políticos graves.

Confira o editorial com Deusdete Dias