Governadores do Nordeste criaram um consórcio de desenvolvimento e escolheram o governador da Bahia, Rui Costa (PT), como presidente. O texto original, elaborado pelo Governo da Bahia, através da Procuradoria Geral do Estado (PGE), foi a base para a formação jurídica do Consórcio. Com a assinatura do protocolo foi dado início à formação da personalidade jurídica do instrumento, com CNPJ e Conselho de Administração.

De acordo com o governo, o objetivo da nova instituição é centralizar a aquisição de produtos – como medicamentos, por exemplo -, equipamentos e ações integradas dos estados nas mais diversas áreas, como tecnologia, saúde e segurança, a fim de reduzir custos e fortalecer as ações regionais. Ainda de acordo com o Metro1, para Rui, o consórcio possibilitará economia para os estados do Nordeste.