De acordo com a coluna Radar, da revista Veja, o ex-prefeito de Salvador e atual presidente do DEM, ACM Neto, deverá ser o secretário-geral do partido, fruto da fusão entre DEM e PSL. Ainda segundo a coluna, a nova legenda será comandada pelo atual presidente do PSL, Luciano Bívar.

A meta da fusão entre as siglas é ter a maior bancada da Câmara e uma fatia gorda do fundo partidário.