A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) decidiu nesta quinta-feira (20) autorizar a aplicação da vacina CoronaVac em crianças e adolescentes entre 6 e 17 anos.

 

O imunizante não pode ser aplicado em imunossuprimidos, mas está liberado para o público com comorbidades. De acordo com a Agência, a imunização deve acontecer em duas doses aplicadas em intervalo de 28 dias.

 

O Butantan buscava licença para imunizar a faixa etária a partir de 3 anos, mas a Anvisa optou por aguardar até que mais estudos sejam apresentados sobre crianças abaixo dos 6.

 

A Coronavac não tem distinção entre adultos e crianças. No Brasil, a vacinação de crianças já está em andamento com uso da vacina pediátrica da Pfizer.