Parque Real - Bairro Planejado

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) divulgou, nesta segunda-feira (15), o boletim das arboviroses da 15ª semana epidemiológica (de 1º de janeiro a 15 de abril), que registrou 1.085 novas notificações suspeitas de dengue na última semana – 56% a menos do que o registrado na semana epidemiológica anterior, quando foram registradas 2.514 notificações, evidenciando um declínio significativo na média de casos.

As notificações de dengue estão sendo predominantes em Vitória da Conquista, contabilizando, até esta segunda (15), o total de 23.467 notificações suspeitas, com 7.852 casos confirmados. Os óbitos de oito moradores do município tiveram confirmação para dengue grave, três foram descartados e 25 estão em investigação na Câmara Técnica de Óbito do Estado.

Neste momento, 110 pessoas estão internadas em unidades hospitalares recebendo tratamento médico.

Também foram registrados 2.261 casos notificados por suspeita de chikungunya, com 44 confirmados; além de 1.145 notificações de zika, com um caso confirmado.

Atendimento nas unidades de saúde

Desde o mês de fevereiro, 12.731 atendimentos aos pacientes com suspeita de dengue foram prestados nas oito unidades de saúde que estão funcionando em horário estendido e no modelo sentinela; além de todas as demais unidades de saúde que estão atendendo exclusivamente a esses pacientes, no turno vespertino, das 14h às 17h.

Em caso de sintomas suspeitos de dengue, como febre (geralmente acima de 38°C), dor de cabeça, dores no corpo e nas articulações, dor atrás dos olhos, manchas avermelhadas pelo corpo, falta de apetite, mal estar e cansaço, procure a unidade de saúde mais próxima de casa para receber atendimento médico.

As USFs sentinelas Solange Hortélio, Nova Cidade, Morada dos Pássaros e João Melo Filho atendem de segunda a sexta, das 14h às 22h, em caráter emergencial, aos pacientes com sintomas de dengue ou síndromes gripais.

Já as unidades de saúde Régis Pacheco, Dr. Admário Santos, Panorama e Conveima, além do horário habitual de funcionamento durante o dia, também funcionam das 17h às 22h para atendimento ao público, de segunda a sexta. Caso necessite de atendimento para arbovirose aos sábados, o paciente pode buscar as unidades Régis Pacheco e a Policlínica do Panorama, das 8h às 22h, e a Admário e Conveima, das 8h às 13h.

Combate ao mosquito Aedes aegypti

As ações de enfrentamento ao mosquito desenvolvidas pela Prefeitura continuam intensificadas em todo o município, por meio das equipes das secretarias de Saúde, Serviços Públicos e Meio Ambiente. Dez mutirões de combate à dengue já foram realizados desde o fim do mês de fevereiro e mais mutirões estão programados para serem realizados ao longo deste mês.

A população deve redobrar os cuidados de combate ao mosquito Aedes aegypti dentro de casa, eliminando qualquer acúmulo de água parada que possa servir de criadouro do mosquito. Para fazer a denúncia de alguma situação de risco, entre em contato com o Centro de Controle de Endemias pelo número: (77) 3429-7421.