Michel Temer disse há pouco que vai recorrer junto ao Superior Tribunal de Justiça para derrubar a decisão do TRF2 que o mandou de volta para a cadeia.

Afirmou que vai dormir em casa e confirmou que vai se entregar amanhã para ser preso.

Disse lamentar a decisão, mas que a respeita.

“Os telefonemas que já recebi, tudo mundo surpreendido, negativamente surpreendido”, afirmou.