A Comissão de Educação do Senado pode aprovar na terça-feira (4), o relatório de Daniella Ribeiro (PP-PB) ao projeto que inclui conteúdo relacionado à prevenção da violência contra a mulher nos currículos da educação básica. A senadora defende que atuar na formação de crianças e adolescentes constitui uma estratégia de grande valor visando a promoção de mudanças culturais mais profundas. Daniella baseia seu relatório em dados da pesquisa Visível e Invisível — A Vitimização de Mulheres no Brasil, realizada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) e pelo Datafolha. Com base em registros de 2018, o levantamento mostra um quadro “assustador” de violência contra as mulheres.