A Semob – Secretaria de Mobilidade Urbana tem dedicado atenção especial à crise do transporte coletivo de Vitória da Conquista que foi provocada pelo ex-prefeito Guilherme Menezes (PT).

A Justiça em decisão recente, e o MP – Ministério Público atestam os graves problemas de vícios e falta de seriedade praticados pela gestão do PT no último processo licitatório.

Nova empresa

Conforme noticiado, a empresa Anchieta de Belo Horizonte,  enviou carta-proposta a municipalidade, disponibilizando 80 ônibus para operar as linhas da Viação Vitória.

Além da empresa de BH, a Camurugipe, Passaredo, e outra empresa do Grupo Evangelista manifestaram interesse em atuar em Conquista.

Cidade Verde

Está também no páreo a Cidade Verde que já colocou veículos que atuam em linhas do Lote 1, que pertence a Viação Vitória. Uma reunião que será realizada na próxima segunda-feira (6), servirá para que a administração municipal possa avaliar a proposta da Cidade Verde. A empresa opera de maneira eficiente e goza de aceitação da população que usa o transporte coletivo diariamente.