Picadas de escorpiões aumentaram 17% entre janeiro e julho deste ano ante mesmo período do ano passado em Vitória da Conquista, no Sudoeste. Os dados são da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab). Segundo a pasta, já o número de notificações de acidentes com esses animais na região chegou a 3.933. O número é maior do que o registrado no mesmo período de 2021, quando foram registrados 2.888 casos.

Por conta do aumento de casos, o alerta foi ligado já que agosto é conhecido como mês de reprodução de escorpiões, mesmo período em que as fêmeas têm maior concentração de veneno. Conforme a TV Sudoeste, na região de Vitória da Conquista o tipo mais comum é o escorpião amarelo, que tem as baratas como a principal alimentação.

A orientação é que em caso de picada de escorpião, a pessoa deve, primeiro, lavar o local com água e sabão e não espremer ou aplicar produtos na região. Depois, é indispensável entrar em contato com uma equipe de emergência para receber orientações.

Em Vitória da Conquista, o único local que disponibiliza o soro antiescorpiônico é o Hospital Geral. Caso a picada de escorpião não seja tratada de forma adequada, ela pode trazer sérias consequências, principalmente para crianças e idosos. Em alguns casos, o soro antiescorpiônico é fundamental para evitar a morte.