Ainda segundo a SSP-BA, dentro do imóvel onde Rogério foi encontrado, os policiais encontraram um revólver calibre 38, um veículo modelo Sandero, uma quantia em dinheiro e celulares. Em depoimento, ele confessou ter construído a pista clandestina. No dia 20 de outubro, os policiais civis, após cerca de um ano meio de investigação, acharam o acesso, dentro de uma fazenda, na região da Baixa do Cocá. O avião monomotor prefixo PR-OIE foi alcançado antes de decolar.

Foto: Divulgação / SSP-BA

Os acusados presos na ocasião falaram que traziam pasta base de cocaína, da cidade de Itaituba, no Pará. Rogério foi autuado por associação criminosa e porte ilegal de arma. “As diligências continuam. Vamos chegar a outros integrantes”, informou o titular da 10ª Coorpin, delegado Cléber Rocha Andrade. A ação foi feita por equipes da 10ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) e do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), ambas de Vitória da Conquista.