O Tribunal Regional Eleitoral de Vitória da Conquista retomou nesta segunda-feira (19), o recadastramento biométrico.

Os eleitores que não conseguiram realizar a atualização dos seus dados terão essa nova oportunidade.

De acordo com o Analista judiciário, Ivan Júnior, o atendimento está aberto à população desde ontem. Ele destacou que diversas senhas serão entregues, mas também os votantes podem fazer um agendamento pela internet no site do TRE-BA.

Desta vez, o recadastramento só será realizado no TRE-BA localizado na Avenida Olívia Flores, s/n. Mais informações pelo telefone (77) 3422-4606.

Quem deve fazer o recadastramento biométrico?

Tratando-se de biometria extraordinária, que implica na revisão do eleitorado, todos os eleitores do município onde está ocorrendo o recadastramento são obrigados a comparecer, inclusive aqueles que têm o voto facultativo (analfabetos, maiores de 16 e menores de 18 anos e os maiores de 70 anos). Quanto à biometria ordinária, como não há convocação do eleitorado, é obrigatória apenas para os interessados que comparecem ao cartório ou unidade de atendimento, a fim de solicitar a primeira ou segunda via do título de eleitor, alterar dados cadastrais ou solicitar transferência, inclusive aqueles que têm o voto facultativo (analfabetos, maiores de 16 e menores de 18 anos e os maiores de 70 anos).

Como fazer o recadastramento biométrico?

O eleitor deverá comparecer ao cartório eleitoral ou unidade de atendimento, apresentando o original de um dos seguintes documentos:

● carteira de identidade ou carteira emitida pelos órgãos criados por lei federal, controladores do exercício profissional (ex.: OAB, CREA, CRM etc.);

● documento que comprove a quitação das obrigações relativas ao serviço militar obrigatório ou prestação alternativa;

● Carteira Nacional de Habilitação (CNH), acompanhada, em caso de alistamento (primeira via do título), de outro documento oficial que informe a naturalidade;

● passaporte, desde que contenha informação relativa à filiação;

● carteira de trabalho (CTPS).

O eleitor também deverá apresentar comprovante de residência recente (emitido nos últimos 3 meses). Para o alistamento eleitoral (primeira via do título), os homens com idade entre 18 e 45 anos deverão, ainda, apresentar documento que comprove sua quitação com o serviço militar.

Fonte: Mega Rádio