Cori comentou sobre a nota oficial da Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Vitória da Conquista (ATUV) que denuncia que o sistema de transporte está caminhando para a falência. O vereador também criticou a liberação das vans sem a regulamentação

Na sessão desta sexta-feira (16), da Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC), o vereador Coriolano Moraes (PT) voltou a falar sobre a situação do transporte coletivo no município.

Ele aponta que a liberação, sem regularização, das vans vem afetando as empresas de ônibus.

Cori comentou sobre a nota oficial da Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Vitória da Conquista (ATUV) que denuncia que o sistema de transporte está caminhando para a falência. Para o vereador, o sistema “já faliu”. “Metade do sistema já está falida porque a Viação Vitória não cumpre nada do contrato. E a outra metade caminha para a falência porque o governo municipal não tem responsabilidade”, disse.

O edil critica a liberação das vans sem a regulamentação. “Ele transformou as vans em um processo político eleitoreiro, ao invés de transformar em um processo de política de transporte público com objetivo de melhorar o serviço”, disparou. Ele denuncia que há vans circulando sem nenhum controle, e por vez, sem condições de circulação. “E de quem é a responsabilidade? É da prefeitura e do seu gestor. Se o sistema falir, nós daremos nomes”, afirmou.

Cori afirma também que não irá se calar, nem se curvar até que as providências sejam tomadas.