O Distrito Federal passa a ter uma nova rota turística, a partir desta terça-feira (13), Dia Mundial do Rock, com apelo especial para quem gosta do ritmo. É a “Rota Brasília Capital do Rock”, que reúne 37 pontos que marcaram a história do gênero em Brasília.

Pela internet, ou presencialmente, é possível conhecer os lugares onde bandas como Legião Urbana, Capital Inicial, Plebe Rude, Paralamas do Sucesso e Scalene, começaram a carreira na música. A inauguração da rota é nesta terça-feira, às 10h, na Torre de TV, com um pocket show da Plebe Rude.

De decreto a rota

 

A “Rota Brasília Capital do Rock” foi criada por meio de um decreto assinado pelo governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB) em maio deste ano. Segundo o governo, “o objetivo principal é manter viva a memória do rock brasiliense e inspirar novas gerações”.

Depois, coube à Secretaria de Turismo (Setur), à Secretaria de Economia (Seec) e à faculdade União Pioneira de Integração Social (Upis) definirem os pontos do roteiro. O mapeamento tem curadoria de Philippe Seabra, vocalista da banda Plebe Rude, e da produtora cultural Tata Cavalcante.

Entre os pontos sinalizados, estão o Parque Vivencial II, na SQS 104 Sulquadra onde moravam os integrantes da banda Os Paralamas do Sucesso. A lista também inclui o estádio Cave, no Guará, onde ocorreu o primeiro show da Legião Urbana em Brasília, e o local onde foi realizado o evento Rock na Ciclovia, organizado pela banda Plebe Rude.