O novo arcebispo da Arquidiocese de Aracaju, Dom Josafá Menezes da Silva, tomou posse do cargo neste sábado (25), em cerimônia realizada na Catedral Metropolitana. Ele foi nomeado pelo Papa Francisco em março desse ano. Nove meses após a renúncia de Dom João José Costa.

Transferido da Arquidiocese de Vitória da Conquista (BA), o religioso é o quinto arcebispo metropolitano da capital sergipana.

De acordo com o arcebispo, as prioridades para o seu mandato ainda não foram eleitas, mas antes de qualquer decisão ou mudança ele vai se reunir com os representantes das pastorais e a comunidade católica.

Dom Josafá tem 65 anos e é natural da cidade de Salinas de Margarida (BA). É formado em teologia na Universidade Católica do Salvador, fez especialização em Filosofia na Universidade Gregoriana de Roma, licenciatura em teologia na Pontifícia Universidade Lateranense, também em Roma, em 1999, e o doutorado em antropologia teológica nessa mesma universidade, finalizado em 2001.

Foi ordenado sacerdote em 14 de maio de 1989 e bispo no dia 10 de março de 2005. Iniciou o ministério episcopal na Arquidiocese de Salvador (BA) em 2005, como bispo auxiliar. Em 2011, foi empossado como segundo bispo da Diocese de Barreiras, onde permaneceu por oito anos. Sua posse como arcebispo de Vitória da Conquista ocorreu em dezembro de 2019.

Também atuou como administrador apostólico da diocese de Bom Jesus da Lapa, entre 2014 e 2015. Foi bispo referencial para o Ecumenismo e Diálogo Inter-Religioso (2011-2015), e para a Pastoral da Comunicação (2015-2019), além de coordenador da Região Pastoral do Oeste da Bahia (2016-2019).

Foi reitor do Seminário Central São João Maria Vianey, na Arquidiocese de São Salvador da Bahia. *Blog do Sena.