O ex-ministro da Justiça e ex-presidente nacional do PT (Partido dos Trabalhadores),Tarso Genro, defendeu hoje uma terceira via e disse que não seria saudável para a democracia do país uma disputa entre o ex-presidente Lula (PT) e o atual Jair Bolsonaro (sem partido) em 2022, pois o último deve ser derrotado antes.

“Eu acho que seria bom o surgimento de uma terceira via para o país. Não acho que seria saudável para a democracia brasileira que fosse uma disputa entre Lula e Bolsonaro. Bolsonaro tem que ser derrotado antes por impeachment ou politicamente nas eleições para não participar do segundo turno. Seria uma limpeza do protocolo político republicano do Brasil e das agressões que a extrema-direita tem feio a todas as intuições”, afirmou durante o UOL Entrevista, desta quinta-feira (23).