Aos 72 anos, partiu Antônio Carlos Limongi. Produtor cultural nascido em Vitória da Conquista, Limongi idealizou e produziu o histórico encontro entre Elomar Figueira, Xangai, Vital Farias e Geraldo Azevedo, que resultou na série de discos “Cantoria”, cujo primeiro número completa quatro décadas. Também conhecido como Mini Hippie, há alguns anos sofria com o Mal de Alzheimer e, recentemente, foi internado por pneumonia. Ele desembarcou em Salvador há 58 anos. Teve aulas de música no Colégio Anísio Melhor, na Liberdade, com o maestro Almiro Adeodato de Oliveira.

Na Escola de Teatro da Universidade Federal da Bahia (UFBA), foi aluno Nelson de Araújo, que considerava seu grande mestre em matéria de cultura popular. Também produziu, para driblar a ditadura, uma série de shows de Gonzaguinha no colégio Brasileiro de Almeida, da irmã de Tom Jobim, no Rio de Janeiro. O funeral aconteceu neste domingo (31), no Cemitério do Campo Santo, onde o corpo foi cremado. Aos amigos e familiares, os nossos sinceros sentimentos.