O governador Rui Costa relacionou as novas medidas de redução de público para 1,5 mil pessoas em eventos como uma decisão difícil, mas necessária para preservar vidas e não impactar no desenvolvimento de outras atividades como o comércio e restaurantes, por exemplo.

Rui ainda destacou que o governo dialogou sim com representantes do entretenimento para demonstrar claramente a posição do Estado.

Ouça: