Antes, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, recorreu da decisão liminar do ministro

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, derrubou a decisão do ministro Marco Aurélio Mello, que determinou, na tarde desta quarta-feira (19), a soltura dos presos condenados em segunda instância.

Antes, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, recorreu da decisão liminar do ministro.