A Câmara Municipal de Vitória da Conquista deu início ao ano letivo de 2022 nesta quarta-feira, 02, com as presenças dos vereadores, da prefeita Sheila Lemos (DEM), de secretários e coordenadores do Poder Executivo Municipal. A Sessão Abertura contou com as mensagens do presidente da Casa, vereador Luís Carlos Dudé (MDB), e da prefeita Sheila Lemos (DEM).

Segundo o presidente do Legislativo, a Câmara terá um papel importante neste ano de 2022, principalmente na busca de mecanismos para a retomada do crescimento econômico, depois de dois anos de pandemia. “O ano de 2021 foi difícil, mas nós vencemos. Esperamos que 2022 seja o ano da esperança, da positividade, da clareza franca, aberta e democrática. Vitória da Conquista nunca deixará de ser a trincheira sertaneja”, afirmou Dudé.

O presidente evidenciou ainda projetos importantes para 2022, ressaltando que alguns já estão em tramitação na Casa. Ele destacou as demandas de infraestrutura para a Zona Rural de Vitória da Conquista e também as demandas reprimidas na área urbana, chamando a atenção para a drenagem de água pluvial em pontos críticos da cidade. Nesse sentido, Dudé chamou a atenção para o empréstimo de 72 milhões de dólares, correspondente a R$ 450 milhões, que o município deverá realizar para executar obras estruturantes no município. “O município tem crédito porque está adimplente com suas contas e isso é reflexo da nossa responsabilidade com a coisa pública”, garantiu.

Encerrando o discurso, Dudé enfatizou as reformas que a Câmara Municipal realizará em 2022. “Passaremos por duas reformas: a reforma do Regimento Interno e da Lei Orgânica do Município. Passaremos ainda por uma reforma na estrutura física, que nos afastará do plenário nos meses de abril, maio e junho”, informou.

Perspectivas para 2022 – Em sua mensagem, a chefe do Poder Executivo, Sheila Lemos, avaliou o ano de 2021 e adiantou algumas das expectativas para 2022. Ela lembrou que 2021 foi um ano marcado por dificuldades. “No início, a Covid-19, e, no final, as chuvas que causaram prejuízos para milhares de famílias e exigiram, de todos nós, um grande esforço para atender às famílias, abrigá-las e iniciar a recuperação dos estragos, especialmente nas localidades rurais, mais atingidas pelos temporais”, recordou a prefeita.

Lemos elencou diversas obras entregues e continuadas no ano passado e apontou que as ações são resultados da responsabilidade da gestão. “Tudo isso é resultado de uma gestão responsável na aplicação dos recursos públicos, ciosa da responsabilidade de avançar e seguir em frente”, avaliou. “Ainda não chegamos ao ponto ideal, continuaremos a investir e melhorar”, completou.

Sheila destacou ainda a atuação harmônica do Executivo com o Legislativo no município. “Salutar harmonia com este Poder Legislativo, cuja compreensão da necessidade de atender às demandas que nos são apresentadas cotidianamente pela população e da escassez de recursos financeiros para resolver todos os problemas, tem sido fundamental”, reconheceu.

Ainda em sua mensagem, a prefeita defendeu a aprovação do projeto de lei solicitando autorização para um financiamento internacional, proposta já aprovada pela Cofiex, do Ministério da Economia. “Com esse dinheiro, vamos realizar o maior programa de obras da história de Vitória da Conquista. Em valores de hoje, será cerca de meio bilhão de reais para drenagem e pavimentação em pelo menos 15 bairros, contemplando cerca de 300 logradouros e beneficiando, diretamente, cerca de 150 mil pessoas”, garantiu. “Os recursos permitirão investirmos na solução do crítico problema da macrodrenagem do centro da cidade, com o fim dos alagamentos que se formam a cada chuva, com riscos para pedestres, motoristas e prejuízos para todos”, prosseguiu ela.

Antes de finalizar o pronunciamento, ela elencou outros projetos que estão na pauta do ano de 2022:

  • Finalização da Avenida Perimetral;
  • Modernização da Avenida Olívia Flores;
  • Conclusão da Catedral de Flores e Orquidário;
  • Reforma e ampliação da drenagem do canal pluvial do Santa Cecília;
  • Construção do Canal do Alto do Panorama;
  • Melhorias no Transporte Público;
  • Parcerias Público-Privadas na Iluminação e na gestão de resíduos sólidos;
  • Implantação do Polo Têxtil;
  • Impulsionamento do Programa Vamos Produzir;
  • Implantação do ambiente físico do Programa Tudo Fácil;
  • Ampliação da Atenção Básica em Saúde;
  • Ampliação do Cemerf;
  • Ampliação da oferta de exames  na Central de Marcação;
  • Inauguração da Unidade de Acolhimento para Mulheres em risco iminente de morte;
  • Criação do Fundo Municipal do Idoso;

A prefeita Sheila apontou ainda que Conquista avançará com a participação de todos. “Vitória da Conquista seguirá sempre em frente, com a contribuição de cada um de vossas excelências, de cada cidadão, de cada filho, natural ou adotado desta terra”, finalizou a gestora.