O vereador Valdemir Dias (PT) usou as redes sociais para se posicionar contra a decisão da prefeitura municipal de Vitória da Conquista de cortar a gratificação de 20% para os profissionais da educação que atuam na zona rural.

Segundo informações, os professores foram notificados do corte na segunda semana do mês de abril e a medida deverá ser mantida enquanto as atividades escolares presenciais estiverem suspensas por conta do Novo Coronavírus (Convid-19).

Valdemir avaliou a proposta do Governo Herzem Gusmão como “insensível”. “Esses professores estão em uma condição temporária e não porquê quiseram. Então não é justo o que o Senhor (Herzem Gusmão) corte 20% da remuneração no momento em que essas pessoas mais precisam”, disse. “Não cometa mais essa maldade, principalmente com profissionais tão dedicados que são os da educação no nosso município”, reforçou.

O vereador apontou também que o recurso do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) está mantido, sendo assim, não há justificativas para cortes na área.

Valdemir defende que os cortes de gastos devem acontecer em outros setores do Governo como “dezenas de empresas de consultoria na prefeitura sem nenhuma justificativa, pagamentos da Viação Rosa para sustentar o sistema de transporte, entre outros tantos gastos desnecessários”, citou.

Informações: Blog do Sena.