A Polícia Federal divulgou nesta quinta-feira (24) que cumpriu nos últimos dias três mandados de prisão temporária e cinco mandados de busca e apreensão em Salvador, em ação para desarticular organizações criminosas estabelecidas na Bahia especializadas no tráfico internacional de entorpecentes.

Além disso, durante as ações, foram apreendidas quase três toneladas de cocaína no porto de Salvador. Ao longo do ano, ainda segundo a PF, já foram encontradas mais de seis toneladas da droga no porto da capital baiana. Em todo o estado, passa de 10 toneladas a quantidade de cocaína apreendida. Não foram divulgadas as identidades das pessoas presas, e nem qual o papel delas no esquema.

Segundo a PF, as medidas são desdobramentos de investigações iniciadas a partir de grandes apreensões de cocaína no Porto de Salvador ocorridas nos últimos meses, que tinham como destino a Europa. Ainda de acordo com a PF, as apreensões que deram início às investigações decorreram de ações conjuntas de fiscalização da Polícia Federal com a Receita Federal no Porto de Salvador que resultaram na apreensão de toneladas de cocaína.

A PF destacou que as diligências prosseguem, para a identificação e responsabilização de outras pessoas envolvidas no esquema ilícito. Os investigados serão indiciados pelos crimes de tráfico internacional de entorpecentes e organização criminosa.