Polícia Rodoviária Federal (PRF) finalizou, neste domingo (04), a Operação Semana Santa 2021. Apesar de todo esforço da PRF na fiscalização e ações de educação para o trânsito, foram flagrados condutores agindo com imprudência e desrespeito às Leis de Trânsito nas estradas federais que cortam o estado. A ação teve início no último dia 01.

A instituição alerta que evitar condutas perigosas no trânsito, acima de tudo, é uma responsabilidade individual de cada motorista, motociclista, ciclista e pedestre, bem como dos passageiros.

Durante às abordagens, os agentes federais flagraram 310 pessoas sem cinto de segurança. A quantidade de ocorrências de motociclistas ou carona sem capacete chegou a 102.

O uso do cinto de segurança é obrigatório no Brasil para motoristas e passageiros, inclusive no banco de trás. O mesmo tipo de obrigatoriedade ocorre com capacete para condutor e passageiro de motocicletas. O fato de o motociclista não usar o capacete ou pessoas não usarem cinto de segurança em automóveis é determinante na gravidade dos acidentes.

As fiscalizações da PRF na Bahia flagraram ainda 25 condutores sob efeito de álcool e 40 crianças sem cadeirinha; foram flagradas 1.096 ultrapassagens indevidas e 15 motoristas foram flagrados trafegando manuseando o aparelho celular.

A PRF alerta aos motoristas que obedecer às normas de trânsito, contribui para um trânsito mais seguro. A redução da violência nas rodovias federais depende da participação de todos.