O presidente Jair Bolsonaro (PSL) reclamou, nas redes sociais, da ausência da Polícia Militar na inauguração do novo aeroporto de Vitória da Conquista hoje (23).

“Estou de partida para Vitória da Conquista para inauguração de aeroporto. Lamentável a decisão do governador da Bahia que não autorizou a presença da Polícia Militar para a nossa segurança. Pior ainda, passou a responsabilidade de tal negativa ao seu Comandante Geral”, postou o presidente.

Em entrevista à Rádio Metrópole, o governador Rui Costa (PT) rebateu:

“Eu não posso colocar a Polícia Militar para espancar o povo baiano que quer conhecer aeroporto, então quem é impopular e tem medo de ir para as ruas, fica em seu gabinete. Se o evento é exclusivamente federal, as forças federais que cuidem da segurança do presidente. Não posso botar a PM pra entrar em conflito com pessoas que querem ver o aeroporto”, disse o gestor, que decidiu não ir ao evento de inauguração.

Rui ainda disse que “é triste ver um presidente que tem medo do povo brasileiro”. “A cerimônia tem tapume. Arrancaram hoje pela manhã a placa que estava dentro do aeroporto”, declarou o petista.

“Ele agora tá querendo a PM. Não confia no exército não? Não confia na PF? Eu não vou lá inagurar depois. Não cabe. Quem vai conhecer o aeroporto pela primeira vez, vai conhecer hoje. Eu já fui dezenas de vezes. Eu vou estar em Conquista no dia 1º. Estou orgulhoso. É um equipamento de primeira qualidade”, completou o governador.

Por Juliana Almirante / Alexandre Galvão
Fonte: Metro1