Em entrevista no Jornal da Metrópole no Ar, o quinteto falou da oportunidade de discutir a publicidade com os mais jovens na plateia

Mário Kertész conversou hoje (17) com os mestres da publicidade brasileira José Victor Oliva, Washington Olivetto, Sergio Amado, Sergio Godilho e Sergio Valente, que vão integrar, juntamente com Nizan Guanaes, o evento 6 Tenores, que contará experiências e estratégias publicitárias no país. O encontro acontece a partir das 18h, no Cerimonial Rainha Leonor, na Pupileira.

Em entrevista no Jornal da Metrópole no Ar da Rádio Metrópole, o quintetou falou da oportunidade de discutir a publicidade com os mais jovens na plateia. “Somos grandes amigos. Nos vemos muito pouco, principalmente o Washington Olivetto, que mora em Londres agora. Passamos a vida toda de uma certa forma juntos. Quando se admira uma pessoa, mais que amor, que tesão, eu quero ficar junto. Acho que a gente encontrou uma fórmula de trabalhar boas ideias”, afirmou o publicitário José Victor Oliva.

Para Washington, a publicidade tornou-se, de certa forma, ‘descartável’, mas ainda importante para o mercado nacional. Ele citou o case da propaganda da lã de aço Bombril. “Eu tinha nas mãos, um talento incomum, do Carlos Moreno, que poderia ser muitos, sem deixar de ser ele mesmo. Fizemos 397 comerciais. É um recorde impossível de ser batido. A publicidade virou um negócio muito descartável”, declarou.

Confira a íntegra do programa: