Em coletiva concedida a imprensa no final da manhã desta quarta-feira (31), o coordenador regional da polícia Civil de Vitória da Conquista, o delegado Fabiano Aurich detalhou as investigações que visam a prisão de um empresário milionário, cujo nome não foi divulgado, que foi acusado de diversos crimes sexuais contra duas irmãs menores de idade.

O caso aconteceu na cidade de Ubatã, próximo a Vitória da Conquista e, segundo as denúncias, ficou evidenciado que o empresário de 64 anos que possui inúmeras várias propriedades e um patrimônio avaliado em mais de 10 milhões de reais, aliciava as menores de idade e inclusive, filmava seus atos sexuais com suas vítimas, aproveitando-se das condições emocional e financeira destas.

A investigação foi realizada pela coordenação da 10a COORPIN (Vitória da Conquista) e o DEPIN (Departamento de Polícia do Interior, com sede em Salvador), contando com o apoio do Ministério Público.

Ouça a entrevista na íntegra: