O Conselho de Administração da CBF confirmou nesta quarta-feira (29), o nome do conquistense Ednaldo Rodrigues para assumir a presidência da entidade até o ano de 2023.

Ele assume o cargo após a decisão unânime da Assembleia Geral em afastar Rogério Caboclo da presidência da CBF por por 21 meses do cargo de presidente em decorrência de uma acusação documentada de assédio sexual e moral a uma ex-funcionária.

De acordo com informações do site GE, existem outras acusações contra Caboclo sendo investigadas na Comissão de Ética da CBF, além de uma investigação do Ministério Público do Trabalho, contexto que torna praticamente impossível sua volta.

Contador de formação e um dos vice-presidentes da CBF,  Ednaldo Rodrigues foi presidente da Federação Bahiana de Futebol por quase duas décadas. Deixou o poder em 2019 e não tem relação próxima com Rogério Caboclo ou Marco Polo Del Nero.