Por Marcos Paulo Ramos
Diário Esportivo

Na tarde deste domingo (2), o Vitória da Conquista foi derrotado pelo Vitória, por 2 a 1, em jogo realizado no Estádio Lomanto Júnior. O Leão da Barra aproveitou algumas das chances criadas no decorrer da partida e venceu a equipe da casa nos acréscimos da segunda etapa. O Bode teve mais volume de jogo no segundo tempo, mas não conseguiu converter em gols as oportunidades que criou.

O time titular do Vitória da Conquista foi: (G) Lupitinha; Tiago Baiano, Rhamon Mexicano, Silvio, Otávio; Natan (Caio Jambeiro), Dinda; Rafinha (Tatu), e Nonato (Léo Russo). Já o Vitória foi a campo com: (G) João Pedro; Welisson, Carlos Eduardo, Nuno, Gabriel Gomes; Gabriel Bispo (Renzo), Figueiredo, Nickson (Gabriel Santiago); Levi, Caíque Souza (Negueba), e Eron.

O Vitória da Conquista começou bem a partida no aspecto ofensivo. O atacante Rafinha recebeu passe em profundidade e bateu próximo a meta da equipe rubro-negra. Aos 13 minutos da etapa inicial, o Vitória abriu o placar do confronto após finalização de Levi, que estava em posição irregular.

O Bode continuou com a pressão e tentou fazer prevalecer o fator casa, mas o time soteropolitano não se intimidou e quase ampliou a vantagem em dois momentos de perigo: o primeiro com Levi, e posteriormente com Eron. Aos 36 minutos, Danúbio foi derrubado pelo goleiro João Pedro em lance polêmico e o árbitro apontou para a marca da cal. Nonato foi para a cobrança e o arqueiro do Leão defendeu. Porém, depois de 6 minutos do desperdício da penalidade, o camisa 9 do Alviverde se redimiu e empatou a partida, o centroavante empurrou a bola para os fundos das redes após boa jogada de Rafinha.

No início do segundo tempo, o confronto persistiu equilibrado e com movimentações ofensivas de ambos os lados. O Alviverde levou perigo em finalização de Danúbio após passe de Dinda. O Vitória também chegou ao campo ofensivo depois de uma bela jogada individual do atacante Negueba, que chutou a bola nas mãos do goleiro Lucas Ferreira (Lupitinha). Com as mexidas do técnico do Bode, Elias Borges, a equipe conquistense conseguiu mais dinamismo no campo de ataque e esteve melhor no segundo tempo do que o Vitória. Mas o desempenho do Alviverde não foi suficiente para pelo menos manter o placar da primeira etapa.

Aos 44 minutos, Eron recebeu a bola na entrada da área e fez o segundo gol do Vitória em chute no cantinho do goleiro Lupitinha. O Vitória da Conquista ainda teve o prejuízo da expulsão do zagueiro Silvio, que fez falta dura em cima de Negueba, aos 49 minutos da etapa final.

Na quinta rodada do Baianão, o Vitória receberá o Atlético de Alagoinhas, no Estádio Barradão, às 16h30, no dia 15 de fevereiro, em Salvador. Já o Vitória da Conquista enfrentará o Bahia de Feira, no Estádio Lomanto Júnior, às 16 horas, no dia 16 deste mês, em Vitória da Conquista.

Classificação Grupo 1

P J V E D GP GC SG %
1 Atlético 8 4 2 2 0 6 3 3 66.67
2 Bahia 8 4 2 2 0 5 2 3 66.67
3 Vitória 8 4 2 2 0 7 5 2 66.67
4 Jacuipense 6 4 1 3 0 8 5 3 50.00
5 Fluminense 6 4 1 3 0 6 5 1 50.00
6 Bahia de Feira 4 4 1 1 2 6 7 -1 33.33
7 Juazeirense 3 3 0 3 0 4 4 0 33.33
8 Vitória da Conquista 2 4 0 2 2 3 6 -3 16.67
9 Doce Mel 1 3 0 1 2 3 7 -4 11.11
10 Jacobina 1 4 0 1 3 1 5 -4 8.33

P pontos, J jogos, V vitria, E empates, D derrotas, GP gols pr, GC gols contra, SG saldo de gols, (%) aproveitamento

lista de jogos

Rodada 4
Domingo, 02 de Fevereiro
  • Atlético 2 X 0 Jacobina 16:00 Antonio Carneiro
  • Vitória da Conquista 1 X 2 Vitória 16:00 Lomanto Júnior
  • Fluminense 1 X 1 Bahia de Feira 16:00 Alberto Oliveira
  • Bahia 1 X 1 Jacuipense 16:00 Roberto Santos
Quarta-feira, 05 de Fevereiro
  • Juazeirense X Doce Mel 20:00 Adauto Moraes