A ginástica artística masculina do Brasil terá três representantes na final dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Nas argolas, Arthur Zanetti teve a confirmação após o fim das classificatórias. Com nota de 14,900, o brasileiro ficou com a quinta posição geral, e vai brigar por pódio.

 

Caso conquiste medalha, Zanetti chegara ao patamar que nenhum atleta conseguiu na história: subir ao pódio em três Olimpíadas consecutivas.

 

O ginasta Caio Souza também fez história. Se classificou para as decisões do salto e a do individual geral – na qual o atleta passa por todos os aparelhos.

 

A surpresa ficou por conta de Diogo Soares, que conseguiu a última vaga no individual geral. Na competição por equipes, o Brasil foi eliminado.

 

A final do individual geral acontece na próxima quarta-feira (24), a partir de 7h15 (de Brasília). As finais das argolas e do salto serão no dia 2 de agosto, a partir de 5h.