Durante a Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC), nesta quarta-feira, 12, o vereador Valdemir Dias (PT) disse que o prefeito Herzem Gusmão Pereira (MDB) criou uma cidade fictícia para descrever em seus discursos. “Eu gostaria de morar no discurso do prefeito, na cidade fictícia criada pelo prefeito Herzem Gusmão Pereira”, disse Valdemir, apontando que a Vitória da Conquista propagada pelo prefeito existe somente em seu discurso.

“O povo de Conquista está de olho nas mentiras”, disse Dias, antes de elencar uma série de promessas não cumpridas pelo prefeito. De acordo com o parlamentar, a cidade enfrenta sérios problemas que a atual gestão não consegue resolver. “O Esaú Matos passa por sérias dificuldades financeiras. No transporte público piorou a situação, está aí o caos instalado em nossa cidade. A zona rural está abandonada”, apontou.

Valdemir destacou que, quando radialista, Gusmão tinha discurso pronto para todos os problemas. “Falava no rádio que era um absurdo Vitória da Conquista não ter um Centro de Controle de Zoonoses. Por que ele não construiu um Centro de Zoonoses?”, questionou Valdemir. “Onde está a diminuição da máquina pública?”, cobrou o edil, relembrando que o gestor prometeu governar a cidade com apenas oito secretarias.

O vereador apontou que agora, no ano eleitoral, Herzem volta a fazer promessas que já haviam sido feitas mas que ainda não foram cumpridas. “O terminal Lauro de Freitas foi prometido ser feito com urgência em 2017. Agora ele está anunciando no ano eleitoral”, disse Valdemir colocando o prefeito em descrédito.