Em entrevista a uma emissora de TV na manhã desta segunda-feira (dia 1º), para falar da manutenção de medidas restritivas contra o Covid-19, o governador da Bahia, Rui Costa, se emocionou ao falar das mortes causadas pela doença. Ao citar a morte de uma jovem de 16 anos, o governador chorou e lembrou que, apesar de entender a necessidade de funcionamento dos negócios, neste momento o mais importante é preservar a vida da população. “O que é mais importante 48 horas de uma loja funcionando ou a vida humana”, disse com a voz embargada.

VEJA:

Rui também enfatizou a importância das medidas, como uso das máscaras para evitar a disseminação do coronavírus. “Gostaria sim que todas as pessoas tivessem usando máscaras, mesmo aquelas que se consideram super-homens. Se não for por eles, pelo menos pela mãe, pelo pai, pela avó, por um parente, por um vizinho. Eu fico me perguntando se essas pessoas sozinhas decretaram o fim da pandemia”.

Devido ao alto número de ocupação de leitos de UTI, na maioria das regiões do estado, as medidas restritivas já adotadas pelo Governo do estado foram prorrogadas por por mais 48h, a contar do dia 1º de março. As medidas estabelecidas pelo novo decreto foram publicadas do domingo (28) na versão digital do Diário Oficial do Estado.

Até as 5h da manhã do dia 3 de março de 2021, é permitido somente o funcionamento dos serviços essenciais, em especial as atividades relacionadas a saúde e comercialização de gêneros alimentícios, o transporte e o serviço de entrega de medicamentos e demais insumos necessários para manutenção das atividades de saúde.

O funcionamento de restaurantes e bares fica restrito à operação de portas fechadas, na modalidade de entrega em domicílio (delivery) até às 24h entre 1º de março até as 05h de 3 de março de 2021. Após este período, o decreto institui que até o dia 8 de março de 2021, restaurantes, bares e congêneres deverão encerrar o atendimento presencial às 18h, permitidos os serviços de entrega em domicílio (delivery) de alimentação até às 24h. A comercialização de bebidas alcoólicas está permitida a partir desta segunda-feira (1º).