Pelo menos duas pessoas ficaram feridas em um ataque com faca perto do antigo endereço do jornal satírico Charlie Hebdo, em Paris, na França, nesta sexta-feira (25). Um suspeito foi detido, segundo agências de notícias internacionais. Buscas por um possível segundo suspeito são feitas na região do incidente. Inicialmente, as autoridades reportaram quatro feridos, mas depois disseram que somente dois foram confirmados. A polícia não soube explicar a discrepância nas informações.

 

O jornal “Le Monde” informou que duas vítimas precisaram ser socorridas em estado de “urgência absoluta”. A rua Nicolas Appert, onde o episódio ocorreu, foi completamente bloqueada. A polícia informou que perímetro de segurança foi estabelecido no torno das antigas instalações por causa de um “pacote suspeito”.

 

O grupo terrorista Al-Qaeda lançou recentemente novos apelos para atacar o jornal depois que ele republicou as charges do profeta Maomé.

 

O ataque desta sexta acontece enquanto ocorre o julgamento dos considerados cúmplices dos ataques de janeiro de 2015 que deixaram 17 mortos – 11 deles na redação do jornal satírico.