O Rei do Baião, Luiz Gonzaga, será homenageado pelo Núcleo Territorial NEOJIBA (NTN) de Vitória da Conquista em recital que acontece nesta sexta-feira, 18, às 19 horas. O evento será transmitido ao vivo pelo Facebook do NEOJIBA e contará com apresentações de integrantes da turma de Canto Coral do NTN.

 

Esse será o primeiro recital realizado pelo Núcleo no ano de 2021, marcando, em clima de São João, o encerramento do primeiro semestre letivo de atividades. Na ocasião, grandes canções do repertório de Luiz Gonzaga, como “Asa Branca”, “Baião” e “Xote das Meninas”, serão apresentadas, individualmente e na formação de coro, por crianças e adolescentes atendidos pelo NEOJIBA.

 

“Luiz Gonzaga celebra a cultura do sertão com sua música, que é festiva, espirituosa e nos traz motivação, algo que estamos precisando nesse período de pandemia”, diz o coordenador do NTN de Vitória da Conquista, João Omar de Carvalho Mello.

 

Segundo ele, é preciso celebrar grandes nomes da nossa cultura como o de Gonzaga, pois eles expressam valores que tratam da nossa região e nos referenciam no mundo. “Faz com que a gente conserve essa tradição cultural das festas juninas não somente como uma prática social, mas também como algo que fortalece a nossa identidade”.

 

O “Recital Luiz Gonzaga” é uma realização do Instituto de Desenvolvimento Social pela Música (IDSM) e da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS). No mês de julho, irão ocorrer outras duas apresentações públicas promovidas pelo NTN de Vitória da Conquista, que serão divulgadas nas redes sociais do NEOJIBA.

 

Sobre o NEOJIBA

 

Criado em 2007, o NEOJIBA (Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia) promove o desenvolvimento e integração social prioritariamente de crianças, adolescentes e jovens em situações de vulnerabilidade, por meio do ensino e da prática musical coletivos.

 

O programa é mantido pelo Governo do Estado da Bahia, vinculado à Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e gerido pelo Instituto de Desenvolvimento Social Pela Música (IDSM). Em 13 anos de atuação, o NEOJIBA beneficiou, direta e indiretamente, mais de 10 mil crianças, adolescentes e jovens entre 6 e 29 anos.