Nesta quinta-feira (04), equipes da Polícia Civil deram cumprimento a mandados de buscas e apreensões e de prisões expedidos pela 3º Vara Criminal de Vitória da Conquista.  O alvo foi uma quadrilha que age em todo o Estado.

De acordo com a Polícia Civil, as investigações iniciaram em dezembro de 2018 quando Policiais do Draco – Departamento de Repressão ao Crime Organizado, DRFR – Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos e 10ª Coorpin investigaram veículos que supostamente seriam utilizados em ações contra instituições financeiras, e localizaram um galpão onde os carros eram guardados.

O acompanhamento de um dos veículos levou os Policiais até a cidade de Porto Seguro, onde o carro foi recuperado e todo o esquema delituoso entendido.

O esquema

A quadrilha efetua roubos de caminhonetes em diversas regiões, inclusive fora do estado, e adultera seus sinais identificadores, muitas vezes, utilizando-se de dados de veículos que sequer foram comercializados e ainda se encontram nos pátios das concessionárias, criam dados falsos de pessoas para serem utilizados nos registros do Detran e com os veículos legalizados fazem as negociações. A fraude, por ser bem elaborada, dificulta a identificação em vistorias de rotina.

Apreensões e cumprimento de ordens judiciais

Em Vitória da Conquista ao menos duas caminhonetes foram apreendidas após serem alvo do mesmo modus operandi, uma delas foi clonada de outra que sequer havia sido vendida em Maringá-PR. Ao todo foram cumpridos dois mandados de prisões, doze mandados de buscas e apreensões e duas pessoas conduzidas para oitivas.

As diligências ocorreram nas cidades de Vitória da Conquista, Itabuna, Jaguaquara e Itagibá. Dois alvos da operação já são considerados foragidos. Diversos veículos foram apreendidos.

Nessa quarta-feira (03), Policiais Civis do Draco e da 10a Coorpin localizaram uma carreta Volvo, roubada em Salinas no dia 01 de julho no interior da oficina utilizada pela quadrilha, a qual foi alvo de buscas nessa manhã.

Os suspeitos foram presos e os veículos apreendidos serão periciados e encaminhados à Justiça Criminal.

*Informações e fotos PC/DRACO – COORDENAÇÃO BANCO/SEQUESTRO