Nas operações os veículos e os seus proprietários são notificados. Guinchada, as vans são levadas ao Deposito de Apreensões de Veículos só sendo liberada após a quitação dos débitos. Além disso, agora o SIMTRANS também vai multar os condutores em R$ 1 mil por dia.

A determinação é do juiz de Direito Leonardo Maciel Andrade fruto de uma Decisão Interlocutória de autoria da Cidade Verde Transporte Rodoviário Limitada.

De acordo com o prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão Pereira, “essa sentença prevalece”. “Nós inclusive, a SEMOB [Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana] está indo ao juiz para procurar saber, para confirmar, porque agora além das apreensões o vanzeiro que estiver na relação da condenação a Prefeitura, não a Prefeitura, a Prefeitura terá que apontar sob pena da Justiça condenar o gestor pelo não cumprimento”, destacou o prefeito Herzem Gusmão Pereira durante entrevista ao Redação Brasil, programa da Rádio Brasil, na manhã desta terça-feira (4). Esse processo, segundo Gusmão, envolve cerca de 100 vanzeiros.